Sejam Bem-Vindos ao meu blog. Estejam a vontade para pesquisarem suas aulas da EBD, pois temos que oferecer o nosso melhor para Deus.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

EBD Primários CPAD Lição 4 - Jesus, o Amigo dos Doentes.

Versículo Chave
Para ampliar click na imagem, após copie.

Frase do Dia

Lembrancinhas



1. Você irá imprimir e recortar 10 homens doentes.








Imprimir em papel duro.
Pintar e recortar, colar um no verso do outro. Colar com um palito entre eles para servirem de fantoches.
Preparar as roupas de retalinhos de tecidos. Faça uns desafiadinhos na túnica para parecer algo velho, usado, triste... como era a condição daqueles pobres homens leprosos.
Vc pode usar gaze para enrolar na cabeça e nos braços.
Veja que a túnica vc deve cortar uma tira retangular e fazer um corte/uma abertura no meio, para passar por cima da cabeça do boneco, assim ele estará realmente vestindo a túnica. Use quantos elementos forem possíveis para dar bastante realismo.
Lembre-se de confecionar 10 homens doentes.


2. molde para fazer o fantoche de Jesus.
Capriche nas roupas, fazendo uma boa caracterização de Jesus.
Vc pode colar palito de sorvete entre as partes, ou pode providenciar um suporte para que os fantoches fiquem em pé.




3. Você poderá imprimir em tamanho menor e distribuir no final para cada aluno meditar em casa.

Atividades











Ensinando a Bíblia

Jesus, o amigo dos Doentes
    Jesus e Seus discípulos caminhavam ao longo de uma estrada em direção a Jerusalém. Quando eles se aproximaram de uma vila, Jesus ouviu um grupo de homens chamando-O à distância. Os homens gritavam mais e mais:
“Jesus, Mestre, tem piedade de nós!”
Mas eles não se aproximavam de Jesus. Permaneciam longe e chamavam.
Havia dez homens. [Mostrar os fantoches dos dez homens doentes.]
Vocês sabem contar até dez? Podem me mostrar com os dedos quantos homens havia? Ajudem-me a contá-los para termos certeza de que todos estão aqui. [Permitir que as crianças contem os fantoches dos dez homens doentes.] Crianças estes homens estavam doentes. Eles tinham uma doença, chamada lepra. A lepra pode matar os nervos de nosso corpo. Os nervos de vocês lhes permitem sentir as coisas. A lepra pode causar feridas no rosto, mãos e pés. No tempo de Jesus, quando alguém tinha lepra, precisava sair de casa. A pessoa leprosa não podia mais viver com a família, pois poderia transmitir a doença aos seus familiares. Não podia abraçar nem beijar suas crianças, pois podia passar a doença para elas. Não podia ir à igreja, pois poderia passar a doença para as pessoas da igreja. Se alguém tivesse lepra era enviado para fora da vila para morar com outros leprosos. As pessoas da vila levavam comida para os leprosos e, então, voltavam. Depois que elas iam embora, os leprosos pegavam a comida.
   Se alguém se aproximasse deles por engano, eles teriam de gritar “imundo, imundo!” e caminhar em outra direção para que a pessoa não se aproximasse e também ficasse doente.
   Como seria se vocês tivessem que morar fora por causa de alguma doença, e tivessem que gritar “imundo, imundo!” quando outra pessoa se aproximasse de vocês?
    Os dez leprosos haviam ouvido sobre Jesus. Sabiam que Ele havia curado muitas pessoas, e esperavam que Ele também os curasse. Por isso, chamavam por Ele. Jesus sabia que eles não se aproximariam Dele. Sabia que eram leprosos. Ele os amava e queria ajudá-los.
De maneira que Jesus lhes disse: — Vão mostrar-se ao sacerdote no templo. [Mostrem o fantoche de Jesus]
Isso nos parece estranho, mas no tempo de Jesus somente um sacerdote decidiria se uma pessoa tinha ou não tinha lepra. Era o sacerdote que ordenava a alguém que deixasse a família. E apenas ele poderia permitir que a pessoa voltasse para casa. Por isso, Ele disse aos leprosos que fossem se mostrar ao sacerdote. Embora os homens ainda estivessem com a doença, eles fizeram o que Jesus dissera. Foram imediatamente ver o sacerdote. Enquanto iam, ficaram curados. De repente, a lepra foi embora! [Virem os fantoches ao contrário para mostrar o sorriso feliz de quem havia sido curado vá retirando os gases para mostrar as crianças que haviam sido curadas.]
Eles estavam bem! Suas feridas desapareceram, e sua pele estava macia e nova. Podiam sentir novamente os pés. Agora, podiam correr! Mal podiam esperar para ver o sacerdote! Poderiam voltar novamente para casa.
Jesus e Seus discípulos observaram os dez homens correndo à distância. De repente, um deles parou e voltou. O que havia de errado? Será que ele não fora curado?
Nove homens continuaram correndo [mostrar um dos fantoches dos homens curados e colocar os nove fora da vista], mas um estava voltando. E ele estava gritando alguma coisa. Seria “Imundo! Imundo!” Não! Ele estava dizendo outra coisa. Mais ou menos isto: [Mostrar o fantoche do homem curado e o fantoche de jesus, representando que ele foi o único que voltou para agradecer a Jesus]  “Deus seja louvado! Deus seja louvado!” Voltou correndo e caindo aos pés de Jesus, disse: — Muito obrigado, Jesus! Muitíssimo obrigado! Eu Te agradeço por me teres curado!
Eu não sei se aquele homem sabia que Davi escrevera um verso que diz: “Meu Deus, eu Te darei graças [agradecerei] para sempre”, mas estou certa de que foi isto o que o homem fez. Jesus sorriu para o homem. Ele estava contente que o homem estava bem. Mas Jesus também estava um pouquinho triste. — Sei que havia dez homens doentes e que foram curados. Onde estão os outros nove? — Eles não voltaram para agradecer a Jesus. Apenas um deles agradeceu. Jesus gosta de fazer as pessoas se sentirem bem. Ele gosta de ver as pessoas felizes. Aprecia ouvir as pessoas dizerem muito obrigado. Nós adoramos a Jesus quando Lhe agradecemos o que Ele faz por nós. Vamos agradecer-Lhe agora mesmo porque Ele cuida de nós. [Fazer uma oração curta de agradecimento.]

Analisando

                                      
Faça em gestos com a classe a seguinte poesia...

Dez Homens Dez homens sentados junto à estrada; Estavam doentes e tristes. Então, Jesus chegou! Ele os curou! E todos os homens ficaram felizes! Dez homens felizes corriam para casa, “Vamos contar para nossos amigos!”, diziam. Mas um homem parou e voltou. “Obrigado, obrigado, Senhor!” ele exclamou. (Baseado em Lucas 17.12-19.)
Perguntinhas para depois da lição dada:
·       O que o leproso fez quando viu Jesus?
·       O que ele pediu para Jesus?
·       Jesus quis curar o leproso?
·       O que Jesus fez para o leproso?
·       O que aconteceu com o leproso?
·       O leproso obedeceu?
·      Como você acha que Jesus se sentiu quando apenas um homem voltou para agradecer a ele?
·      Você gosta de receber um 'obrigado' quando você gasta tempo fazendo algo legal para alguem?
·      Como você se sentiria se tivesse gasto um longo tempo fazendo algo para alguém e quando você desse esse 'algo' para essa pessoa, ela sequer disse 'muito obrigado, João’ (citar o nome dos alunos, um por um).
·      Por que devemos dizer obrigado? (para mostrar a nossa gratidão à pessoa que fez algo especial por nós).
·        O que vocês acham que Jesus sente quando Lhe dizemos muito obrigado? Pelo que vocês agradecem a Jesus? (Esperar pelas respostas.)

Se você tem gostado deste blog, seja um membro e deixe o seu comentário.

Um comentário:

  1. Estou começando a trabalhar com crianças na EBD,amei seu blog, vou estar sempre te visitando, criei um blog agora, vou colocar la oque fiz pra ensinar as cças,bj

    ResponderExcluir