Sejam Bem-Vindos ao meu blog. Estejam a vontade para pesquisarem suas aulas da EBD, pois temos que oferecer o nosso melhor para Deus.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

EBD Primários CPAD Lição 4 - Jesus, o Amigo dos Doentes.

Versículo Chave

Frase do Dia

Lembrancinhas



1. Você irá imprimir e recortar 10 homens doentes.







Imprimir em papel duro.
Pintar e recortar, colar um no verso do outro. Colar com um palito entre eles para servirem de fantoches.
Preparar as roupas de retalinhos de tecidos. Faça uns desafiadinhos na túnica para parecer algo velho, usado, triste... como era a condição daqueles pobres homens leprosos.
Vc pode usar gaze para enrolar na cabeça e nos braços.
Veja que a túnica vc deve cortar uma tira retangular e fazer um corte/uma abertura no meio, para passar por cima da cabeça do boneco, assim ele estará realmente vestindo a túnica. Use quantos elementos forem possíveis para dar bastante realismo.
Lembre-se de confecionar 10 homens doentes.


2. molde para fazer o fantoche de Jesus.
Capriche nas roupas, fazendo uma boa caracterização de Jesus.
Vc pode colar palito de sorvete entre as partes, ou pode providenciar um suporte para que os fantoches fiquem em pé.




3. Você poderá imprimir em tamanho menor e distribuir no final para cada aluno meditar em casa.

Atividades











Ensinando a Bíblia

Jesus, o amigo dos Doentes
    Jesus e Seus discípulos caminhavam ao longo de uma estrada em direção a Jerusalém. Quando eles se aproximaram de uma vila, Jesus ouviu um grupo de homens chamando-O à distância. Os homens gritavam mais e mais:
“Jesus, Mestre, tem piedade de nós!”
Mas eles não se aproximavam de Jesus. Permaneciam longe e chamavam.
Havia dez homens. [Mostrar os fantoches dos dez homens doentes.]
Vocês sabem contar até dez? Podem me mostrar com os dedos quantos homens havia? Ajudem-me a contá-los para termos certeza de que todos estão aqui. [Permitir que as crianças contem os fantoches dos dez homens doentes.] Crianças estes homens estavam doentes. Eles tinham uma doença, chamada lepra. A lepra pode matar os nervos de nosso corpo. Os nervos de vocês lhes permitem sentir as coisas. A lepra pode causar feridas no rosto, mãos e pés. No tempo de Jesus, quando alguém tinha lepra, precisava sair de casa. A pessoa leprosa não podia mais viver com a família, pois poderia transmitir a doença aos seus familiares. Não podia abraçar nem beijar suas crianças, pois podia passar a doença para elas. Não podia ir à igreja, pois poderia passar a doença para as pessoas da igreja. Se alguém tivesse lepra era enviado para fora da vila para morar com outros leprosos. As pessoas da vila levavam comida para os leprosos e, então, voltavam. Depois que elas iam embora, os leprosos pegavam a comida.
   Se alguém se aproximasse deles por engano, eles teriam de gritar “imundo, imundo!” e caminhar em outra direção para que a pessoa não se aproximasse e também ficasse doente.
   Como seria se vocês tivessem que morar fora por causa de alguma doença, e tivessem que gritar “imundo, imundo!” quando outra pessoa se aproximasse de vocês?
    Os dez leprosos haviam ouvido sobre Jesus. Sabiam que Ele havia curado muitas pessoas, e esperavam que Ele também os curasse. Por isso, chamavam por Ele. Jesus sabia que eles não se aproximariam Dele. Sabia que eram leprosos. Ele os amava e queria ajudá-los.
De maneira que Jesus lhes disse: — Vão mostrar-se ao sacerdote no templo. [Mostrem o fantoche de Jesus]
Isso nos parece estranho, mas no tempo de Jesus somente um sacerdote decidiria se uma pessoa tinha ou não tinha lepra. Era o sacerdote que ordenava a alguém que deixasse a família. E apenas ele poderia permitir que a pessoa voltasse para casa. Por isso, Ele disse aos leprosos que fossem se mostrar ao sacerdote. Embora os homens ainda estivessem com a doença, eles fizeram o que Jesus dissera. Foram imediatamente ver o sacerdote. Enquanto iam, ficaram curados. De repente, a lepra foi embora! [Virem os fantoches ao contrário para mostrar o sorriso feliz de quem havia sido curado vá retirando os gases para mostrar as crianças que haviam sido curadas.]
Eles estavam bem! Suas feridas desapareceram, e sua pele estava macia e nova. Podiam sentir novamente os pés. Agora, podiam correr! Mal podiam esperar para ver o sacerdote! Poderiam voltar novamente para casa.
Jesus e Seus discípulos observaram os dez homens correndo à distância. De repente, um deles parou e voltou. O que havia de errado? Será que ele não fora curado?
Nove homens continuaram correndo [mostrar um dos fantoches dos homens curados e colocar os nove fora da vista], mas um estava voltando. E ele estava gritando alguma coisa. Seria “Imundo! Imundo!” Não! Ele estava dizendo outra coisa. Mais ou menos isto: [Mostrar o fantoche do homem curado e o fantoche de jesus, representando que ele foi o único que voltou para agradecer a Jesus]  “Deus seja louvado! Deus seja louvado!” Voltou correndo e caindo aos pés de Jesus, disse: — Muito obrigado, Jesus! Muitíssimo obrigado! Eu Te agradeço por me teres curado!
Eu não sei se aquele homem sabia que Davi escrevera um verso que diz: “Meu Deus, eu Te darei graças [agradecerei] para sempre”, mas estou certa de que foi isto o que o homem fez. Jesus sorriu para o homem. Ele estava contente que o homem estava bem. Mas Jesus também estava um pouquinho triste. — Sei que havia dez homens doentes e que foram curados. Onde estão os outros nove? — Eles não voltaram para agradecer a Jesus. Apenas um deles agradeceu. Jesus gosta de fazer as pessoas se sentirem bem. Ele gosta de ver as pessoas felizes. Aprecia ouvir as pessoas dizerem muito obrigado. Nós adoramos a Jesus quando Lhe agradecemos o que Ele faz por nós. Vamos agradecer-Lhe agora mesmo porque Ele cuida de nós. [Fazer uma oração curta de agradecimento.]

Analisando

                                      
Faça em gestos com a classe a seguinte poesia...

Dez Homens Dez homens sentados junto à estrada; Estavam doentes e tristes. Então, Jesus chegou! Ele os curou! E todos os homens ficaram felizes! Dez homens felizes corriam para casa, “Vamos contar para nossos amigos!”, diziam. Mas um homem parou e voltou. “Obrigado, obrigado, Senhor!” ele exclamou. (Baseado em Lucas 17.12-19.)
Perguntinhas para depois da lição dada:
·       O que o leproso fez quando viu Jesus?
·       O que ele pediu para Jesus?
·       Jesus quis curar o leproso?
·       O que Jesus fez para o leproso?
·       O que aconteceu com o leproso?
·       O leproso obedeceu?
·      Como você acha que Jesus se sentiu quando apenas um homem voltou para agradecer a ele?
·      Você gosta de receber um 'obrigado' quando você gasta tempo fazendo algo legal para alguem?
·      Como você se sentiria se tivesse gasto um longo tempo fazendo algo para alguém e quando você desse esse 'algo' para essa pessoa, ela sequer disse 'muito obrigado, João’ (citar o nome dos alunos, um por um).
·      Por que devemos dizer obrigado? (para mostrar a nossa gratidão à pessoa que fez algo especial por nós).
·        O que vocês acham que Jesus sente quando Lhe dizemos muito obrigado? Pelo que vocês agradecem a Jesus? (Esperar pelas respostas.)

Se você tem gostado deste blog, seja um membro e deixe o seu comentário.

EBD Juniores CPAD Lição 4 - Herói busca a Vontade de Deus?

Versículo Chave
Lembrancinhas

Ensinando a Bíblia
LIÇÃO 4 – Herói Busca a Vontade de Deus?
Texto Bíblico: 1 Cr 14.8-17
Objetivo
Professor (a) ministre sua aula de forma a conduzir seu aluno a:
·        Entender que é fundamental para vivermos bem, buscar a vontade de Deus, pedirmos a Ele que nos dirija em tudo o que fizermos.
Prezado (a) enfatize aos pequenos que acima de todas as coisas terrenas está a nossa comunhão com Deus, se dermos a Deus a posição central de nossa vida, teremos seu constante cuidado e direção em nosso dia a dia, e Ele nos dará o melhor. Nem sempre o que queremos é o melhor. Deus que é Onipotente sabe o que precisamos o que realmente nos fará feliz. Devemos ter essa confiança, e aguardar somente Nele.
   Enquanto era rei apenas em Judá, Davi contava com o total aprovação dos filisteus — afinal, ele era homem de confiança de Aquis, rei de Gate. No entanto, quando viram Davi subir ao trono israelita, os filisteus não gostaram nada.
E quando Davi tomou Jerusalém, os filisteus resolveram que era hora de colocar o pastorzinho ruivo em seu devido lugar. Então cercaram Jerusalém, acampando no vale de Refaim (dos gigantes), que fica entre Jerusalém e Belém. Quando soube do cerco, Davi colocou seu exercito de prontidão e chamou o sacerdote Abiatar.

— Abiatar traga-me a estola sacerdotal, o Urim e o Tumim. Então Davi perguntou a Deus:
— Devo lutar contra os filisteus? Tu me darás a vitória?
— Vá! - disse o SENHOR. — Eu lhe darei a vitória.

Então Davi reuniu seus homens e foi atacar os filisteus em Baal-Perazim, onde os venceu.
O nome Baal-Perazim, vem de baal (senhor) e do verbo peraz, que quer dizer abrir uma brecha.
O lugar recebeu esse nome (senhor abridor de brechas) porque Davi, ficou admirado com a facilidade com que derrotara os filisteus naquele lugar, só pôde atribuí-la a interferência divina, dizendo que Deus abrira uma brecha entre seus inimigos, como uma enchente que sai derrubando tudo.

A batalha de Baal-Perazim, no entanto, não definiu a situação: os filisteus eram muitos, e voltaram a cercar a Cidade de Davi assim que se recuperaram da primeira derrota. Então o rei quis consultar a vontade de Deus mais uma vez.
Mais uma vez Davi consultou a Deus, e ele respondeu:
Não os ataque daqui. Dê a volta e ataque pelo outro lado, perto das amoreiras. Quando você ouvir o barulho de marcha por cima das amoreiras, ataque-os porque isso quer dizer que eu estou indo na sua frente para derrotar o exército dos filisteus.

De madrugada, Davi convocou seus homens para a batalha. Saíram em silêncio pelos portões de Jerusalém, marcharam em arco até o bosque das amoreiras e ficaram lá, esperando a ordem de Davi para o ataque. O rei só esperava o momento certo, mas levou um susto quando ouviu distintamente o som de passos sobre a copa das árvores. Era incrível, era impossível. Mas estava acontecendo e, olhando para seus soldados, ele viu em seus rostos o mesmo espanto que sentia.
Animado pela ajuda divina, Davi deu a ordem de ataque, e o exército israelita marchou contra os filisteus. Os inimigos foram derrotados, e expulsos de volta para suas terras.
Com essa vitória rápida, Davi firmava-se de vez no trono. A expulsão dos filisteus das tribos do sul, esperada havia tantos anos, dava ao rei inquestionável autoridade.
Davi fez o que Deus havia mandado e obrigou os inimigos a recuar desde Gibeão até Gezer.
A fama de Davi se espalhou por toda parte, e o SENHOR fez com que todas as nações ficassem com medo dele.
Aplicação da Lição
Enfatize aos pequenos que Davi foi um grande herói para seu povo em sua época. Até hoje, o povo de Israel se lembra com carinho desse grande servo de Deus. E isso aconteceu porque Davi sempre procurou a orientação de Deus para a sua vida, e obedecia a tudo o que Deus lhe ordenara fazer. Se quisermos ser feliz e ter uma vida de vitória devemos agir como Davi.
A Disciplina da Obediência

Deuteronômio 28.13 – “E o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda; e só estarás por cima, e não por baixo; se OBEDECERES aos mandamentos do Senhor teu Deus, que eu hoje te ordeno, para guardá-los e cumprir”.
Satanás tem usado de muitas maneiras para nos afastar de Deus, e a maior delas é a DESOBEDIÊNCIA. Sem dúvida, este motivo tem afastado muitas pessoas do caminho de Deus, essas vidas estão sendo perdidas sem ter a oportunidade de voltar aos caminhos do Senhor. Juniores Deus quer que você obedeça.
Encerre sua aula fazendo uma oração por seus alunos. Os abençoe e os anime a serem obedientes, e a serem disciplinados frente a situações diárias.

Fontes Consultadas:
· Bíblia de Estudo de Aplicação Pessoal – Editora CPAD – edição 2003
· Bíblia de Estudo Plenitude – SBB/1995 – Barueri/SP
· Bíblia de Estudo Pentecostal – Editora CPAD – Edição 2002.
· Bíblia Shedd – Editora Mundo Cristão – 2ª Edição
· Bíblia de estudo da mulher – Editora Mundo Cristão/SBB – Edição 2003
· Dicionário Vine – Editora CPAD – 3ª Edição 2003
· 365 Lições de vida extraídas de Personagens da Bíblia - Rio de Janeiro Editora CPAD
Colaboração para o Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva
http://ebdcordeirinhosdecristo.blogspot.com
http://projetoensinarecrescer.blogspot.com.br/


Se você tem gostado deste blog, seja um membro e deixe o seu comentário.




domingo, 13 de abril de 2014

sábado, 12 de abril de 2014

EBD Juniores CPAD Lição 2 - Um ato Heróico de Raabe

Versículo-Chave
Para ampliar click na imagem, após copie

Lembrancinhas

Atividades
Ensinando a Bíblia

O CORDÃO VERMELHO NA JANELA
Josué 2: 1-24

Fonte: Bíblia de Recursos para o Ministério com Crianças

Objetivo do Professor: Que a criança não salva deposite a sua fé somente no Senhor Jesus, para ser salva.
Verdade Central Relacionada à Criança: Coloque a sua fé somente no Senhor Jesus, para ser salvo do castigo do pecado.

I – Introdução e Andamento
(Mostre às crianças um pedaço de fio ou cordão vermelho.) Imagine que você mora numa cidade que está sendo invadida pelo exército inimigo. O único meio de fugir é usando um cordão vermelho. A situação parece estranha, não é? Mas, isso aconteceu realmente a uma mulher que viveu há muitos anos, quando Israel estava se preparando para entrar na terra que Deus tinha prometido lhes dar.
 
A. Dois homens foram enviados por Josué para espiar a cidade inimiga de Jericó (v. 1).
A nação de Israel (cerca de dois milhões de pessoas) estava a entrar em Canaã, a terra que Deus lhes havia prometido, Jericó, uma cidade que ficava a cerca de 8 km a oeste do rio Jordão, era a entrada para a país montanhoso que Israel devia conquistar. Era um lindo oásis tropical conhecido como a “Cidade das Palmeiras” (Dt 34:3). Um muro imenso cercava a cidade (2:15). Jericó também tinha o seu próprio exército (6:2), fazendo delas uma das mais fortes cidades muradas. A religião Cananéia praticada pelo povo de Jericó envolvia idolatria, prostituição religiosa, e sacrifício de crianças. A conquista dessa cidade por Israel fazia parte do castigo de Deus sobre o povo de Jericó, por causa do pecado (gênesis 15:16).

B. Em Jericó, os espias se hospedaram secretamente na casa de uma mulher chamada Raabe (v. 1).
[A Bíblia diz que Raabe era uma “prostituta”. Alguns estudiosos acreditam que o termo se referia simplesmente a uma mulher que cuidava de uma hospedaria. Porém, muitos o tomam no sentido tradicional, que identificaria Raabe como uma mulher que praticava imoralidade com muitos homens.]
Como as outras pessoas em Jericó, Raabe era uma mulher cuja vida pecadora estava fazendo a ira e juízo de Deus caírem sobre a cidade. Deus é perfeito e santo. Ele odeia todo o pecado e avisa que o pecado tem que ser punido. Você e eu também somos pecadores. Nascemos desejando fazer a nossa vontade em vez da de Deus (Isaías 53:6). A sua natureza pecaminosa é que leva você a praticar muitas coisas erradas (ser egoísta, desobedecer, etc.). Deus diz que o castigo definitivo do pecado é ficar para sempre separado dele (Romanos 6:23). O pecado é coisa muito grava aos olhos de Deus. Por causa do pecado deles, Raabe e seu povo corriam agora o risco de receber o castigo divino.

C. O rei de Jerico enviou homens para prender os espias (vv. 2,3).

D. Raabe escondeu os espias para protegê-los; depois mentiu aos homens do rei para que procurássemos espias em outro lugar (vv.4-7).
[Você pode querer discutir com a classe a mentira de Raabe, se isso for adequado à idade dos alunos. Use algumas perguntas que os faça refletir, como: Deus poderia ter protegido os espias sem a mentira dela? O fato de Raabe ter mentido por uma boa causa torna a mentira aceitável? Muitos acreditam que sua mentira correspondia ao estilo de vida pecaminoso dela e que, embora estivesse prestes a crer em Deus, era imatura em sua fé, retendo ainda certos hábitos mundanos.]

E. Raabe revela aos espias a sua fé no Deus de Israel (vv.8-11)
[A informação que Raabe deu aos espias, quanto ao medo que a cidade tinha de Israel e do Deus de Israel, era um cumprimento de cântico de Moisés (Êxodo 15:15b,16) e da promessa de Deus (deuteronômio 2:25), dando grande encorajamento aos espias] Ouvir falar do grande poder e cuidado de Deus pela nação de Israel levou o povo de Jericó a ter medo, mas raabe acreditava nesse Deus como o Deus celestial, único e verdadeiro. Apesar do pecado dela, Deus amava raabe e queria que ela pusesse sua fé nEle. Esse mesmo Deus ama e cuida também de você. Ele é o grande e poderoso Deus que fez todas as coisas, inclusive você. Ele conhece você e o seu pecado, mas ama você (Efésios 2:4). Ele quer que você coloque a sua fé nEle, para ser salvo do castigo do pecado. O poder e cuidado de Deus pelo Seu povo eram bem conhecidos em Jericó, e esse conhecimento convenceu Raabe de que Ele era o Deus único e verdadeiro.  

F. Raabe pediu aos espias que poupassem a sua vida e de sua família (vv.12-14)
[Sabendo que Deus havia dado a terra à nação de Israel, Raabe pediu proteção para ela e sua família. Os espias prometeram garantir a segurança dela se ela também garantisse a vida deles, mantendo em segredo a missão.]

G. Raabe fez os espias descerem pela janela de sua casa por uma corda, para que pudessem fugir para os montes (vv.15,16).

H. Antes de partir, os espias instruíram Raabe a amarrar um cordão vermelho na janela, para que pudessem identificar a casa dela, quando os israelitas invadissem a cidade (vv.17-20).
Quando Israel chegasse para tomar a terra, todos na cidade deveriam ser mortos, como juízo de Deus sobre o pecado do povo, isto é, todos, menos as pessoas dentro da casa com o cordão vermelho pendurado na janela. Deus providenciou esse meio especial para salvar Raabe e sua família. Raabe era uma pecadora, no entanto tinha fé (acreditava) em Deus, para receber dEle a Salvação. Deus providenciou também, um meio para você ser salvo do castigo do pecado. Ele enviou seu filho perfeito, o Senhor Jesus Cristo, para morrer na cruz, recebendo em Si mesmo o castigo por todos os pecados. Quando Jesus derramou seu sangue na cruz, Ele estava recebendo o castigo que você merecia (Efésios 1:7). Ele sofreu e morreu para que você nunca precise ficar separado de Deus por causa do pecado. Jesus foi sepultado, mas no terceiro dia voltou a viver. Hoje Ele está vivo no Céu. Basta pôr simplesmente a sua fé no Senhor Jesus para você ser salvo do castigo do pecado. Isto significa que você deve crer de todo coração que Jesus morreu por você, e confiar nEle como o Único que pode salvá-lo do pecado. A única maneira de Raabe e sua família serem salvas do castigo de Deus sobre Jericó foi colocar a sua fé em Deus. Eles tinham de mostrar essa fé, amarrando o cordão vermelho na janela e confiando em Deus para salvá-los.


III. Clímax
Confiando em Deus, Raabe amarrou o cordão vermelho na janela (v. 21).

IV. Final

A. Conclusão
1. Os espias fugiram em segurança, e apresentaram seu relatório a Josué. Eles o encorajaram dizendo que Deus lhes daria a vitória (vv. 22, 24).
2. Quando a invasão de Jericó finalmente aconteceu, Raabe e seus familiares foram poupados e retirados da cidade, como os espias haviam prometido (6:21-23).
3. Raabe passou a morar em Israel, e mais tarde tornou-se parte da linhagem de Cristo (Mt 1:5)
B. Apelo (não salvo)
Raabe foi salva do castigo do pecado por ter colocado a sua fé em Deus. Você já fez osso? Deus quer salvá-lo e perdoar todos os seus pecados. Você precisa reconhecer o seu pecado diante de Deus e crer que Jesus morreu por você (João 3:36). (Veja “Fazendo o Apelo à Criança Não Salva”, p. 1059.).


Se você tem gostado deste blog, seja um membro e deixe o seu comentário.





quinta-feira, 3 de abril de 2014

EBD Primários CPAD Lição 1 - Jesus o Amigo das Crianças


Versículo Chave
Para Ampliar click na Imagem, após copie.

Frase do Dia

Lembrancinhas
Botons


Visual 1

Visual 2

Visual 3

Atividades

Acróstico


Quebra-Cabeça mig & meg para as crianças brincarem

Plano de Aula: Escola Bíblica Dominical.
CLASSE:                                                                                         LIÇÃO Nº    01         
PROFESSORA:                                                                                                              
DATA:                                                          LEITURA BÍBLICA: Marcos 10: 13-16
TEMA: “Jesus, o Amigo das Crianças”.
Objetivo:
·         Demonstrar que Jesus ama as crianças e deseja ser amigo delas.

1º Momento: Oração,  Louvor, Chamada e Oferta. ( Não esqueça a Oração do Pai Nosso, trabalhe no início da aula da seguinte forma: - Bom dia Crianças! A Paz do Senhor Jesus! Converse com elas, após fale: Vamos ficar em pé, dar as nossas mãozinhas, fechar os nossos olhinhos, curvar as nossas cabeças em reverência ao Nosso Deus; Eu falo e vocês repetem Pai Nosso...
Você poderá entregar um cartãozinho com a oração do Pai Nosso a cada criança. Esse cartãozinho você encontra aqui neste blog.)

2º Momento: Apresente o visual a Frase do Dia. Diga-lhes: “Crianças a Frase do dia da nossa Lição de hoje é Jesus é Amigo das Crianças.”, após a exposição da Frase do Dia cante um corinho.

·        Quem aqui tem amigos? Você pode nos dizer algo sobre seu amigo?
·        O que é ser amigo? ( Deixe que expressem o seu pensamento ). E só então, depois você fala:
·        Crianças o único amigo perfeito é Jesus. Ele é o nosso grande amigo! Hoje vamos aprender que Ele deseja ser amigo de todas as crianças.
·        Encerre este momento colando nas crianças com fita dupla-face um boton bem bonito escrito a frase do dia. Assim, todos os amigos de Jesus serão identificados pelo boton.

3º Momento: Leia juntamente com as Crianças o visual Versículo Chave:Deixai vir a mim os Pequeninos..., por que dos tais é o reino de Deus”. Marcos 10:14. (Repita 2 ou 3 três vezes com as Crianças). (O versículo chave desta lição foi mudado por achar que Marcos 10:14 tem muito mais a ver com o conteúdo).
A seguir organize as crianças em duas filas:
·        1ª só com meninas e a 2ª só com os meninos.
·        A 1ª fila passará entre os meninos em zigue-zague falando a primeira parte do versículo: “Deixai vir a mim os Pequeninos..., (repitam quantas vezes forem necessárias até que todas as meninas estiverem passado entre os meninos e retornem aos seus lugares na 1ª fila)
·        Agora a 2ª fila passará entre as meninas em zigue-zague falando a segunda parte do versículo: “Por que dos tais é o reino de Deus”.
·        Após oriente as crianças que deem as mãozinhas em círculo e falem todo o versículo: “Deixai vir a mim os Pequeninos..., por que dos tais é o reino de Deus”. Marcos 10:14 
·       Para encerrar cante um corinho com as crianças.

4º Momento: Após conte a história Jesus o Amigo das Crianças.

5º Momento: Oração

6º Momento: Atividades.

7º Momento: Recorde as Crianças o Para Memorizar. Apresente o Corinho a ser cantado durante a apresentação da classe. E de forma discreta repasse as perguntas para ver se fixaram o tema. Não se esqueça de formular 3 perguntas.

8º Momento: Lanche. (antes de comerem agradeçam juntamente com as crianças a Papai do Céu pelo alimento).
Atenção: Este plano foi elaborado especialmente para os professores iniciantes na EBD.


       Mais um trimestre se inicia; que você possa se dedicar a esse ministério, apresentando o seu melhor para Deus, se renda a Ele em Orações para que Ele possa lhe conceder sabedoria e criatividade para ministrar suas aulinhas da EBD. Se você tem gostado seja um membro deste blog e deixe o seu comentário.